terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Quem é Jesus através da Bíblia /A batalha é do Senhor

Em Gênesis Jesus é o Princípio de todas as coisas
Em Êxodo Ele é o Cordeiro sacrificado pelo pecado de muitos
Em Levítico Ele é o Sumo Sacerdote
Em Números Ele é a Nuvem que nos proteje e a Coluna de fogo que nos guia
Em Deuteronômio Ele é a Cidade de nosso Refúgio
Em Josué, Ele é o Conquistador
Em Juízes Ele é o nosso Juiz
Em Ruth Ele é o nosso Resgatador
Em I e II Samuel Ele é o Profeta
Nos livros de Reis e Crônicas é o nosso Rei Soberano
Em Esdras Ele é o Grande Legislador
Em Neemias é o Reconstrutor de tudo que foi destruído
Em Ester Ele é Aquele que nos honra
Em Jó Ele é o nosso Redentor que vive para sempre
Em Salmos Ele é o nosso Pastor
Em Provérbios e Eclesiastes Ele é nossa Sabedoria
Em Cantares Ele é o Belo Noivo
Em Isaias Ele é o Servo Sofredor
Em Jeremias e Lamentações Jesus é o Profeta que chora pelo pecado do seu povo
Em Ezequiel Ele é o Restaurador
Em Daniel Ele é o Quarto Homem na fornalha
Em Oséias Ele é o Amor Sempre Fiel
Em Joel Ele nos batiza com o Espírito Santo e com fogo
Em Amós Ele leva nossos fardos
Em Obadias Ele é o Nosso Salvador
Em Jonas Ele é o Grande Missionário
Em Miquéias Ele é o Mensageiro do Evangelho
Em Naum Ele é a nossa Fortaleza
Em Habacuque Ele é o Reavivamento
Em Sofonias Ele é o Senhor poderoso para salvar
Em Ageu Ele é o Restituidor de nossa herança perdida
Em Zacarias é a nossa Fonte
Em Malaquias Ele é o Sol da justiça.
Em Mateus Ele é o Servo de Deus
Em Marcos Ele é o Rei
Em Lucas Ele é o Filho do Homem
Em João Ele é o Filho de Deus
Em Atos é o Salvador do mundo
Em Romanos é a nossa justificação
Em I e II Coríntios é nossa ressurreição e o que leva os nossos pecados
Em Gálatas Ele nos redime da lei
Em Efésios Ele é o Cabeça da Igreja
Em Filipenses Ele supre todas as nossas necessidades
Em Colossenses Ele é a Plenitude
Em Tessalonicenses Ele é o nosso Rei que virá
Em Timóteo Ele é o nosso Mediador
Em Tito Ele é nossa Bendita Esperança
Em Filemon Ele é o Amigo mais chegado que um irmão
Em Hebreus Ele é o sangue do pacto eterno
Em Tiago Ele é o Senhor que cura o doente
Em Pedro ele é o Pastor Principal
Nos livros de João é quem tem a ternura do amor
Em Judas Ele é o Senhor que vem com milhares de santos e o fundamento da nossa fé
E em Apocalipse é o Alfa e o Ômega – o começo e o fim de tudo. Ele em breve virá!

video

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Ao cheiro das águas se renovará / Relacionamentos são como pratos...

Quero resumir (adaptado para a web) o que preguei nesta noite de quinta-feira. Palavra voltada à família e especialmente a casais.
Jó 14:7-9 diz:
7 Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos.
8 Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó,
9 Ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta.

Jó havia perdido seus bens, seus filhos, seus amigos. Mas acredito, pela minha experiência de 20 anos de casado, que a sua maior perda foi a sua esposa. Jó sendo um homem correto e cuidadoso com sua família, como mostra a Palavra de Deus, certamente amava sua esposa.

Um homem e uma mulher só devem se casar por amor. Quando casam-se por outros motivos, a chance de sobrevivência desse casamento é pequena. Mesmo quando há amor, se não for lapidado dia-a-dia, pode acabar-se.

Também acredito que todos aqui já lavaram pratos. Os pratos são usados diariamente e depois de cada uso, precisamos lavá-los. Marido, lave pratos para sua esposa. Você vai ver como ela ficará feliz pela sua ajuda.

Assim são os nossos relacionamentos conjugais e familiares. Precisamos lavá-los constantemente com carinho, amor, diálogo, compreensão, etc.

Tem duas maneiras de lavarmos pratos. A 1ª é quando achamos aquele prato lindo, valioso, ganhado de presente no casamento. Lavamos com todo o cuidado e carinho e, salvo algum acidente, vamos te-lo talvez por toda a vida.

A 2ª é quando desprezamos o prato. Não dando muito valor a ele, não tomamos cuidado. Pegamos de qualquer maneira e quando isso acontece, os riscos de quebrá-lo é muito grande.

Com o tempo, os pratos tem desgastes e arranhões. Os menos cuidados começam a ter pequenos quebradinhos na borda e até rachaduras.

Os nossos relacionamentos também sofrem com a ação do tempo e o pouco cuidado. Desgastes, arranhões, pequenas danos e nos casos mais graves, rachaduras que comprometem a união.

E se cair, o prato esfacela-se em tantos pedaços, que fica impossível reconstruí-lo.

Quantos relacionamentos tem rachaduras e rupturas; ou quebraram-se de tal forma que parece impossível a restauração.

Quantos casais romperam seu relacionamento... Às vezes até vivendo juntos, estão rompidos, sentindo solidão. Quantos pais e filhos não se relacionam plenamente...

Jó se sentia como uma árvore cortada, com raízes envelhecidas e seu tronco sem vida.
Mas, diz ainda que: “Ao cheiro das águas” (não precisava de muita água, mas apenas o cheiro), aquela mesma árvore brotará seus ramos novamente - expressão de vida, esperança e novidade.
Há esperança para os nossos relacionamentos. Há uma esperança para o seu casamento, para a sua família.
Deus deu em dobro a Jó tudo o que ele havia perdido. Para você também, Deus dará a alegria que foi perdida ao longo de sua jornada.
Ainda que você se sinta como a árvore apresentada por Jó, cortada, com raízes envelhecidas, sem vida e esperança, ao “cheiro das águas”, haverá uma renovação nos seus relacionamentos.
Hoje, ainda que seus relacionamentos estejam quebrados como um prato que caiu das mãos, Deus enviará uma união perfeita, que restaurará plenamente seu casamento, sua família.
Quero orar por você, por seu casamento e por sua família... Oremos a Deus.


Pr. Altemar Rocha
video

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Cadeiras de Rodas Radicais

Veja as coisas incríveis que eles fazem com suas cadeiras de rodas. video
Parabéns!

Fonte: http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1101634-7824-DEFICIENTES+DE+CADEIRAS+DE+RODAS+PRATICAM+O+HARDCORE+SITTING,00.html

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Nota Fiscal Paulista - Veja se Você Tem Créditos.

Precisando de dinheiro?

Uma boa idéia para quem é do Estado de São Paulo é solicitar a Nota Fiscal Paulista.

Muita gente tem medo de cair na malha fina por pedir a nota com o CPF/CNPJ, mas o governo tem outros dispositivos mais eficientes para cruzamento de dados.

Bom, a opção é sua, mas se está cadastrado e solicitou notas, confira para ver se tem créditos liberados.

A cada semestre há a liberação dos valores. Dá para receber em conta-corrente e conta-poupança própria ou de terceiros; desconto no IPVA ou fazer doações para entidades sociais.

Eu já recebi os meus, com acréscimo de uma pequena premiação.

Dê uma passada no site da Secretaria da Fazenda do Gov. Est. SP www.nfp.fazenda.sp.gov.br/ e confira seus créditos ou faça o seu cadastro.


Pr. Altemar Rocha.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

O que está acontecendo com o mundo? (Voz de Jackson Antunes)

O que vamos fazer? Ficar de braços cruzados?
video

A Igreja que dirijo (zona leste de São Paulo -SP) há pouco mais de uma ano iniciou um trabalho no Jd. Iedda - Araraquara - SP, um bairro com alto índice de tráfico de drogas e prostituição.

A denominação à quem pertenço, Igreja O Brasil para Cristo, através de igrejas locais, Convenções Estaduais e Conselho Nacional (Missão Desafio) tem missionários em várias partes do Brasil e do mundo, fazendo trabalhos sociais e apresentando o Evangelho de Jesus Cristo.

Ainda que pareça pouco, cada um de nós pode fazer algo pela humanidade.

Porque Deus não nos abandonou. Apenas nos deu ferramentas e amor para sermos irmãos.

Pr. Altemar Rocha

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Registro autoral para letra de músicas, partituras, poesias, livros, etc.


Na ocasião do lançamento do 1º CD de minha esposa Derci Rocha, me deparei com a necessidade de proteger os direitos autorais de suas composições.

Depois de pesquisar, encontrei algumas alternativas, como registrar em cartório ou em entidades de profissionais de música.

A que achei mais viável por ser muito confiável, fácil e barato foi o registro na Fundação Biblioteca Nacional. Tem reconhecimento nacional e nos países mais importantes do mundo, por acordo internacional. É quase impossível um plagiador ganhar na justiça quando o verdadeiro autor tem registro lá.

A FBN fica no Rio de Janeiro, mas pode-se fazer o registro em São Paulo – capital - na Alameda Nothmann, 1.058, das 10 às 16 hs. (telefone 3825-5249). Fica entre as estações do metrô Marechal Deodoro e Santa Cecília. No site você encontra os escritórios em outras regiões do país.

No caso de música, você pode colocar em um único registro até dez letras (poesias) ou partituras pelo preço de R$ 20,00 se forem do mesmo álbum e do(s) mesmo(s) compositor(es).

Coloque numa pasta o nome do álbum com o índice e as composições impressas (uma em cada folha), tudo em A4 e numeradas. Leve o CIC e RG (original e xérox) do(s) autor(es). Pegue o requerimento (ou baixe na internet), preencha e pague a taxa. Depois de alguns dias, você recebe pelo correio um certificado do registro da sua autoria.

Há possibilidade de fazer o registro por procuração ou por sedex.

No site www.bn.br você encontra o requerimento para baixar e imprimir, bem como todas as informações. Veja os campos "Dúvidas Frequentes" e o "Fale Conosco". Um dos e-mails que você pode usar é o eda@bn.br .

Um conselho de amigo: Não deixe suas obras sem registro.

*Nota: Em São Paulo você pode encontrar os endereços Rua Apa, General Júlio M. Salgado e Al. Nothmann, pois é na mesma quadra.

Pr. Altemar Rocha.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Dez coisas que detesto no trânsito


Todos nós sabemos que os acidentes de trânsito são uma grande causa de mortes e sequelas graves em nosso país. Mas o trânsito tem outros problemas.



Dez coisas que eu detesto no trânsito:

1. Congestionamento: Tem que estar no topo da lista mesmo. Hoje não é somente em grandes cidades, mas nas médias e até pequenas. É congestionamento nas estradas, nas vias expressas, nas avenidas, nas ruas, nos estacionamentos. Não mais somente nos dias úteis, mas nos finais de semana também.Você sai da garagem e... Tudo parado. Se eu saio 5:15 hs da manhã, em 5 minutos estou na Airton Senna (S. Paulo) e fico... Parado. Não tem essa de horário, não. De madrugada, duas, três da manhã, as marginais não chegam a nos fazer parar, mas o fluxo é grande. Em breve o trânsito de S. Paulo vai dar um nó, de forma que teremos que abandonar os carros e irmos a pé para casa.

2. Caminhões e ônibus: Felizmente grande parte dos profissionais da área é de ótimos motoristas. Mas um errinho sequer e adeus carro e até a vida. Esses veículos gigantescos não foram feitos para andar junto com os pequenos automóveis. E a poluição que causam? É fumaça e um cheiro horrível de óleo diesel. Compreendo a importância desses veículos, mas deveriam ter pistas somente para eles.

3. Corredor para motos: Os motoqueiros são vítimas sempre. Vítimas do sistema criado pelas empresas e por eles mesmos. A lei diz que devem ocupar o espaço de um carro, mas nunca respeitam isso. Temos que fazer um corredor (corredor da morte, para mim) onde se alguém quiser trocar de faixa, vai ter muita dificuldade. Quando um dos motoqueiros ou motoristas vacila, o acidente é inevitável.

4. Maus motoqueiros: falando em motos e seus "pilotos," uma minoria ruim estraga a imagem da maioria boa. Temos medo quando alguém de capacete se aproxima. Mas o problema mais comum é o desrespeito às leis de trânsito. É como se moto não tivesse que obedecer nada e a ninguém. Chutam retrovisores, xingam, costuram e por aí vai. Se você se envolver em um acidente com moto, cuidado, pois pode ser agredido e ter seu automóvel depredado. Felizmente, como eu disse, é uma minoria de maus motoqueiros que faz isso.

5. Excesso de velocidade: Tem gente que não se manca. Você está na velocidade máximo limite e sempre tem algum irresponsável colado na traseira querendo te jogar para fora da pista, até mesmo em curvas, subidas e descidas de serras. Você já teve a infelicidade de estando a 120 km p/h passar uma moto a mais de 180? Na Rodovia dos Bandeirantes um desses me passou entre a linha branca da última faixa da esquerda e o gramado. O barulho e a vibração do motor eram tão grandes que me assustou. Aparece do nada, em virtude da velocidade tão grande.

6. Barulho desnecessário: Sempre tem alguém que gosta de provocar os outros e aparecer. Encosta do seu lado aquele doido com uma “bazuca” (super grave) e uma música ridícula exaltando às drogas, prostituição e marginalidade. E as motos estourando escapamento? Alteram o ponto de ignição provocando um ruído que parece tiro. Dia desses, os motoristas abandonaram seus veículos num túnel no RJ por esse motivo.

7. Estacionamento: Outra dificuldade é estacionar. Na rua somos roubados. Na zona azul, quando achamos, não temos segurança nenhuma. Nos shoppings e hipermercados, em vésperas de dias comemorativos, esquece. Só restaram os pagos. Caros demais!

8. Indústria das multas: Creio que todo cidadão deve respeitar as leis, sem dúvida. O que não suporto é essa indústria de multas que não educa, não pune, nem traz benefício algum, senão para os arrecadadores. Dinheiro para prefeituras e terceirizados. Vacilou, tomou multa. Acredito que deveria haver fiscalização no trânsito, onde o infrator fosse parado, informado de sua infração e assinasse a multa. Bêbado, se não quiser, não leva multa. Não faz o teste do bafômetro, apela para um advogado e sai impune.

9. Impunidade: Não existe punição ou é apenas uma punição simbólica para quem causa acidentes. Os únicos punidos são as vítimas.

10. Finalmente - carro quebrado: Ninguém merece. Mas se for feito uma manutenção correta, o risco é bem menor.

Sorte de quem trabalha perto de casa, em ruas e cidades tranquilas ou dispõe de horários alternativos. Que Deus nos ajude e nos proteja nesse transito caótico.



Pr. Altemar Rocha.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

The Commodores - Jesus is Love

Veja a tradução desta linda mensagem na belíssima voz de Lionel Richie
video

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Simples gestos marcam uma vida.

Anos atrás ouvi uma ilustração que vou tentar retratar agora:

Um executivo, sempre muito ocupado com o trabalho, negócios e reuniões quase não tinha tempo para sua família. O seu pequeno filho de cinco anos de idade poucas vezes o via. Seu pai nunca brincava com ele.

Certo dia, saindo de casa com o horário curtíssimo para pegar um vôo, passou pelo seu filho no jardim e deu apenas um “tchau filho” rapidamente, preocupado com a reunião importantíssima que participaria. Nem um beijo ou ao menos um abraço.

O garotinho chama pelo seu pai e diz: Papai, você pode encher o pneu de minha bicicleta? Ele está vazio.

Que absurdo! Sou um homem ocupado demais para fazer uma tarefa tão banal – pensou a princípio. Mas era o seu filho. Desde o seu nascimento nunca havia dado nenhuma atenção a ele.

O pai foi procurar a bomba e encher o pneu da bicicleta. Também teve que colocar a corrente, que saíra da catraca. Sujou a sua mão de graxa. Isso o fez perder o vôo e consequentemente a reunião.

Dois dias depois ele volta de viagem, um pouco abatido. Não tinha sido fácil contornar os problemas gerados pela sua ausência na primeira das muitas reuniões que foram feitas naqueles dias.

Na manhã seguinte, quando sai novamente para o trabalho, seu filho corre para os seus braços e diz:

- Papai, eu te amo! E corre para a sua bike.

O pai surpreso, pois pela primeira vez o seu filho disse isso a ele, pergunta:

- Por que você me ama?

O garotinho já dando a primeira pedalada, responde sem olhar para traz:

- Sei lá. Acho que é porque você encheu o pneu da minha bicicleta.

Você tem dado seu tempo às pessoas a quem você ama?
Um simples gesto pode marcar uma vida.

Pr. Altemar Rocha.

Não saia sem deixar a sua opinião. Clique em "comentários" e faça o seu.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Amigo de Verdade

video

Jesus deu a sua vida por nós, ainda que estávamos mortos em nossos pecados.
Pr. Altemar Rocha

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Vai comprar impressora? Veja Epson x HP.

Mesmo não sendo técnico nem expert em impressoras, arrisco a comentar a minha experiência sobre esse equipamento.

Comprei uma epson cx 5600 (multifuncional) e deparei com as seguintes situações:
Ela utiliza quatro cartuchos que custam por volta de R$ 25,00 cada um (5 ml) e imprime cerca 80 páginas (preto).

Depois de seis meses, o software dela a faz parar e ir a uma autorizada apenas para zerar o contador interno. Essa revisão é gratuita, pois ainda está na garantia. No entanto, dependendo de onde tiver uma autorizada, será dispendiosa a locomoção, perde-se tempo e você ficará sem a impressora por alguns dias.

Quando chega a 3.000 cópias, novamente ela para. Isso serve apenas para vender um dispenser novo, sendo que o original nem está cheio. Isso você terá que pagar, mesmo estando ainda na garantia. Você pode instalar um externo, o que não é difícil. Tem vídeos no youtube que ensinam como faze-lo. Ainda falta zerar o contador interno. Se não quiser levá-la à autorizada, pode-se baixar um destravador na internet. (veja em um tutorial).

Uma opção para o elevado custo dos cartuchos são os bulk-inks, que tem um chip que “dribla” o software da impressora e são recarregáveis. Encontramos as tintas e os bulk-inks em casas do ramo ou na internet. Os melhores são os de mangueiras, onde as tintas ficam nos tubos e são sugadas para os cartuchos. Os que recarregamos nos próprios cartuchos dá muito trabalho, pois nem sempre a impressora reconhece os cartuchos e aí se precisa passar uma borracha no chip e recoloca-los várias vezes. É uma sujeira tremenda.

Bom... Usando cartuchos originais ou os bulk-ink que vem da China e "enganam" a impressora para usar esses recarregáveis, essa impressora certamente entupirá os bicos de impressão e aí vai pro lixo, pois fica caro para trocá-los. Sim, as Epson tem os bicos de impressão na própria máquina. Se entupir, já era.

Recentemente vi numa grande loja de São Paulo, sendo retirado todos os compatíveis para Epson de modelos anteriores. As mais novas não aceitam cartuchos recarregados, compatíveis ou qualquer tipo de genérico. Só os bulk-inks conseguem substituir os originais, com dificuldade.

Estou usando agora uma HP PSC 1510. Tem uma qualidade de impressão tão boa quanto a Epson, os bicos de impressão são nos cartuchos, o que a dá uma vida útil muito grande. Se entupir, basta trocar o cartucho. Aceita compatíveis e recarregados. Para recarregar um cartucho HP é a coisa mais fácil do mundo.

A HP para mim ainda está em experiência, mas estou gostando muito. Enquanto a Epson faz um barulho horrível, a HP é muito mais silenciosa.

Não sei se os modelos HP posteriores ao que citei podem ter seus cartuchos substituidos da mesma forma.

O meu conselho é o seguinte: Antes de comprar uma impressora, observe o custo dos cartuchos. Os fabricantes querem vender os cartuchos. Na maioria das vezes, de duas a quatro substituições de todos os cartuchos equivalem ao preço da impressora ou multifuncional.

Pr. Altemar Rocha

Não saia sem deixar a sua opinião. Clique em comentários e deixe o seu.

Na Escuridão do Porão

Lembrei-me de uma antiga ilustração, usada por muitos pregadores do evangelho, no começo de minha fé:

Há muito tempo, um homem tinha entrado clandestinamente em um navio. Por não ter pagado a passagem, foi esconder-se numa parte do porão, aonde ninguém ia, mas não havia nada para se comer lá.
Ele pensou em agüentar a fome, até chegar ao fim da viagem, pois temia sair do porão para tentar alimentar-se e ser descoberto a sua clandestinidade.
Passado alguns dias sem comer, já não podia suportar.
Pensou: de qualquer jeito, vou morrer mesmo... Vão me matar, jogar para fora do navio, quando souberem que entrei sem pagar.
Melhor morrer de barriga cheia. Se for para morrer, melhor que não seja de fome.
Resolveu ir ao restaurante do navio. Sentou-se e pediu a melhor comida.
Quando terminou, disse ao maitre: Sinto muito, mas não tenho como pagar a conta. O que farão de mim?
O maitre respondeu: - Como assim? Você não tem que pagar nada. Todos os que estão aqui neste navio tem direito às refeições, que já estão pagas.
Aquele homem chegou ao seu destino, alimentando-se muito bem e sem que soubessem de sua clandestinidade.

Moral da história:
Quantas vezes estamos numa situação que parece que não tem saída?
Parece que vamos morrer e não temos coragem de enfrentar a realidade.
O mundo lá fora parece que vai nos derrotar e não temos condições de superar nossos problemas.
Às vezes nos achamos indignos, incapazes, sem condições financeiras de realizarmos nossos sonhos.
Por não havermos pagado por algo, pensamos que jamais poderemos ser felizes.
Muitas vezes, estamos escondidos no porão da vida, com medo de sairmos e morrermos.
No silêncio da escuridão de um quarto, cercado apenas pelos nossos pensamentos de medo e incapacidade, estamos morrendo, sendo que se sairmos, terá uma solução.

Saia do porão! Tem alguém que pagou pela sua felicidade.
Jesus, o Filho de Deus deu a vida numa cruz, pagou pelos nossos pecados, para não vivermos nos porões da morte.
Ainda que sejamos clandestinos, indignos, está tudo pago. O preço de sua salvação já foi pago por Jesus.

Pr. Altemar Rocha.

Não saia sem deixar a sua opinião. Clique em comentários e deixe o seu.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Roberto Carlos tem uma perna mecânica?

Apesar de não ser um fã do cantor Roberto Carlos, reconheço que ele é o rei da música brasileira e considerado por muitos o maior cantor do Brasil.

Ainda em minha infância, ouvi essa história e sempre ficou a dúvida: Roberto Carlos tem mesmo uma perna mecânica?

Por ocasião do show de 50 anos de sua carreira, voltou a curiosidade e fui atrás de informações sobre o assunto.

Mito ou verdade? Ao que parece, a história é verdadeira. Um triste acidente, que lamentamos. Ele merece todo o nosso respeito.

Leia um trecho do que conta Paulo César de Araújo em seu livro proibido:

Roberto Carlos

Roberto Carlos

Naquele dia, Cachoeiro amanheceu sorrindo e em festa para saudar o seu santo padroeiro que, segundo a Igreja Católica, foi morto e crucificado nessa data em Roma, durante o reinado do imperador Nero, no ano 65 d. C. Era feriado na cidade, dia de desfiles, músicas, bandeiras, discursos, ruas cheias de gente e muita alegria. (…)

Como tantas outras crianças da cidade, naquele dia Roberto Carlos saiu cedo e animado de casa para assistir aos festejos. Era tanta badalação que muitos pais preparavam roupa nova para os filhos estrearem justamente nesse dia. Por isso Zunga (como Roberto era chamado na infância) estava ainda mais contente, porque iria desfilar com os sapatinhos novos que ganhara na véspera. E qual criança não fica feliz ao ganhar uma roupinha ou um novo par de sapatos? Logo que saiu à porta de casa, Roberto Carlos se encontrou com sua amiga Eunice Solino, uma menina da sua idade, que ele carinhosamente chamava de Fifinha. (…)

Pois naquela manhã os dois desceram mais uma vez juntos em direção ao local dos desfiles. Ao chegarem num largo, logo abaixo da rua em que moravam, já encontraram todos em plena euforia. Desfiles escolares, balizas e muitos balões coloriam o céu do pequeno Cachoeiro, ao mesmo tempo em que locomotivas se movimentavam para lá e para cá. Construída na época dos barões do café, no século XIX, quando a cidade era um paradouro de trem de carga, a Estrada de Ferro Leopoldina Railways atravessava Cachoeiro de ponta a ponta.

Por volta de nove e meia da manhã, Zunga e Fifinha pararam numa beirada entre a rua e a linha férrea para ver o desfile de um grupo escolar. Enquanto isso, atrás deles, uma velha locomotiva a vapor, conduzida pelo maquinista Walter Sabino, começou a fazer uma manobra relativamente lenta para pegar o outro trilho e seguir viagem. Uma das professoras que acompanhava os alunos no desfile temeu pela segurança daquelas duas crianças próximas do trem em movimento e gritou para elas saírem dali. Mas, ao mesmo tempo em que gritou, a professora avançou e puxou pelo braço a menina, que caiu sobre a calçada. Roberto Carlos se assustou com aquele gesto brusco de alguém que ele não conhecia, recuou, tropeçou e caiu na linha férrea segundos antes de a locomotiva passar. A professora ainda gritou desesperadamente para o maquinista parar o trem, mas não houve tempo. A locomotiva avançou por cima do garoto que ficou preso embaixo do vagão, tendo sua perninha direita imprensada sob as pesadas rodas de metal. E assim, na tentativa de evitar a tragédia com duas crianças, aquela professora acabou provocando o acidente com uma delas.

Diante da gritaria e do corre-corre, o maquinista Walter Sabino freou o trem, evitando consequências ainda mais graves para o menino, que, apesar da pouca idade, teve sangue-frio bastante para segurar uma alça do limpa-trilhos que lhe salvou a vida. Uma pequena multidão logo se aglomerou em volta do local e, enquanto uns foram buscar um macaco para levantar a locomotiva, outros entravam debaixo do vagão para suspender o tirante do freio que se apoiava sobre o peito da criança. Com muita dificuldade, ela foi retirada de debaixo da pesada máquina carregada de minério de ferro. “Eu estava ali deitado, me esvaindo em sangue”, recordaria Roberto Carlos anos depois numa entrevista. Mas naquele momento alguém atravessou apressado a multidão barulhenta e tomou as providências necessárias. “Será uma loucura esperarmos a ambulância”, gritou Renato Spíndola e Castro, um rapaz moreno e forte, que trabalhava no Banco de Crédito Real.

Providencialmente, Renato tirou seu paletó de linho branco e com ele deu um garrote na perna ferida do garoto, estancando a hemorragia. “Até hoje me lembro do sangue empapando aquele paletó. E só então percebi a extensão do meu desastre”, afirma Roberto, que desmaiou instantes após ser socorrido. Esse momento trágico de sua vida ele iria registrar anos depois no verso de sua canção O Divã, quando diz: “Relembro bem a festa, o apito/ e na multidão um grito/ o sangue no linho branco…”, numa referência à cor do paletó que Renato Spíndola usava no momento em que o socorreu. (…)

Naquela mesma manhã, no hospital da Santa Casa, o médico aplicou uma anestesia local de novocaína no acidentado e deu início à cirurgia. (…)

Na época, em casos semelhantes, era comum fazer a amputação da perna acima do joelho, prática mais rápida e segura. Mas Romildo tinha acabado de ler um estudo americano sobre ciência médica que explicava que os membros acidentados devem ser cortados o mínimo possível. Assim, a amputação da perna do garoto foi feita entre o terço médio e o superior da canela – apenas um pouco acima de onde a roda de metal passou. Essa providência fez com que Roberto Carlos não perdesse os movimentos do joelho direito e pudesse andar com mais desenvoltura.

fonte: http://www.bonato.cc/2009/perna-roberto-carlos/

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Campanha Quebrando o Silêncio - Contra a Pedofilia


http://qs.portaladventista.org/pt/01.php

A aqueles que foram tocados indevidamente, abusados sexualmente, sofreram danos físicos, mas os psicológicos foram muito maiores...

Uma ferida provocada ainda na infância, na adolescência.

Ingenuidade ou não, você estava sozinha, sem sua mãe por perto, sem alguém que pudesse te livrar daquele assédio, daquela violência. Colocada contra a parede, foi violada em seu corpinho, seus sentimentos, sua pureza ou até mesmo sofreu uma dor cruel.

Parece que não tem cura, as lembranças são dolorosas, talvez até impeça relacionamentos.
Alguns não tiveram o amparo da mãe, pelo contrário, foram acusados e culpados.

Quantos sofrem em silêncio? Talvez seja mais humilhante falar a alguém do que permanecer no silêncio.

Desabafar seria bom, mas quem poderia entender? Quem poderia ajudar? Quem poderia desfazer esse trauma? Quem pode mudar essa história de terror e tristeza?

Desejo te falar de alguém que pode visitar o seu passado, curar as suas feridas e te dar o perdão.

Sim, perdão, pois você que foi a vítima precisa parar de sofrer por algo que não teve culpa.

Jesus, o filho de Deus pode fazer isso por você.

Quero te convidar a fazer essa oração comigo:

Jesus, eu estava sozinho naquele dia. Eu não sabia que algo tão ruim podia me acontecer. Ainda me lembro sempre com tanta tristeza e dor da humilhação que sofri. Não tinha ninguém para me livrar daquilo e me senti suja, culpada, não entendi bem porque fizeram isso comigo. Não sabia o que era isso.

Jesus, entra no meu passado, naquele momento de terror. Segura em minha mão e me livra dos sentimentos que tenho agora. Tira todos os meus complexos, apaga essas lembranças dolorosas, me faz superar tudo isso.

Não quero sofrer mais por essas coisas. Libero o perdão a mim mesmo. Perdôo à minha mãe e àqueles que não estiveram ao meu lado naquele momento.

Entrego o meu agressor nas mãos de Deus, porque sei que Ele fará justiça e dará a pena merecida.

Jesus, eu estava sozinho naquele dia porque não O tinha como meu salvador. Mas agora te peço que ande comigo, para eu nunca mais ficar só, nunca mais sofrer a violência e nunca mais sofrer pelas minhas lembranças.

Te agradeço, Jesus.

Você também pode fazer essa oração com o seu filho ou com essa pessoa que quer ajudar.

Escrevo este artigo ora no masculino, ora no feminino, mas meninos e principalmente meninas são vítimas desse tipo de violência.

Meu e-mail altemarrocha@ig.com.br está à sua disposição, caso necessite de minha ajuda.

Eu e diversos amigos bloggers estamos participando da Campanha “Quebrando o Silêncio” em combate à pedofilia.

Não fique em silêncio. Denuncie. Violência e exploração sexual infantil é crime grave.
Abaixo segue o link para denúncias.

No campo de comentários, deixe também seu link, caso esteja participando da campanha com textos de incentivo à denúncia de pedofilia.

Portanto, nesses comentários você poderá ver o link de outros blogs com textos sobre esse assunto.

Oremos também a Deus para que a pedofilia seja exterminada e as vítimas em todo o mundo sejam curadas.

Texto por: Pr. Altemar Rocha.

Denúncia de abusos:
http://portaladventista.org/quebrandoosilencio/index.php?option=com_content&task=view&id=1&Itemid=3

Disque 100 - Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Discagem gratuita em todo o território nacional.

Conselho Tutelar

Links identificados de blogs que participam desta campanha:
Fases da Lua (Luna)
http://luna-fasesdalua.blogspot.com/2009/08/visitando-o-blog-inspiracoes-matinais.html
Pensamentos Urbanos (Pensador Urbano)
http://pensaurb.blogspot.com/2009/08/quebrando-o-silencio.html
http://so-pensando.blogspot.com/2009/08/quebrando-o-silencio.html
http://pensaurb.blogspot.com/2009/08/blogagem-coletiva-quebrando-o-silencio.html
Inspirações Matinais (Pr. Adolfino Aquino - Idealizador da Blogagem Coletiva)
http://inspiracoesmatinais.blogspot.com/2009/08/campanha-quebrando-o-silencio.html
Propagação Social (José Sidney Pereira)
http://propagacaosocial.blogspot.com/2009/08/blogagem-coletiva-quebrando-o-silencio.html
Absurdos e Polêmicos (Diego Jr.)
http://absurdosepolemicos.blogspot.com/2009/08/pedofilos-invandindo-blogosfera-grandes.html
Aconchego de Idéias (Rosiane Nunes)
http://aconchegodeideias.blogspot.com/2009/08/maus-tratos-contra-criancas-e.html
Quiosque Azul (Renato Happyblue)
http://quiosqueazul.blogspot.com/2009/08/quiosqueazul-quebrando-silencio.html#comment-form
Portal Militar Brasileiro (Eliel Santos)
http://100militar.blogspot.com/2009/08/pedofilia-do-hamas.html
Um Pouco de Tudo (Felipe)
http://sempre-umpoucodetudo.blogspot.com/
Jesus Cristo, Minha Esperança (Prof. Isma)
http://ismaelitanasc.blogspot.com/
Filosofia de Gaveta (Josiane Szargiki)
http://www.filosofiadegaveta.blogspot.com/
Cine Planeta (Paulo Araujo)
http://cineplaneta.blogspot.com/
Masquerade (Syssim Mascarenhas)
http://masquerade-sissym-blog.blogspot.com/
Um Passo ao Céu (Regina Bonelli)
http://rebonelli.blogspot.com/
Saúde Pelas Plantas (Edilza Nascimento)
http://saudepelasplantas.blogspot.com/2009/08/evitando.html
Eu e Minha Casa (Elisa Cunha)
http://lisa-feliz.blogspot.com/
Desabafos da Mente e do Coração (Sandra Franzoso)
http://desabafosdamenteedocoracao.blogspot.com/2009/09/blogagem-coletiva-quebrando-o-silencio.html
Dies Irae by Ebrael Sahddai (Ebrael Shaddai)
http://memoriasdeebrael.blogspot.com/2009/09/campanha-quebrando-o-silencio-contra.html

Não saia sem deixar um recado. Clique em comentários e escreva o seu. Também deixe seu link caso postou sobre o assunto.




quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Como é Deus para você? Veja e classifique a sua fé.

Conheça os vários tipos de crenças.

Politeísmo:
- Acredita na existência de vários deuses.
Henoteísmo:
- Acredita que existe um Deus, mas não nega a existência de outros menores.
Panteísmo:
Pan - Termo grego que significa tudo.
- Afirma que o universo é Deus. Tudo é Deus. Acredita que Deus está em toda a natureza, como: homens, animais, plantas, rios, estrelas, objetos, etc.
Deísmo:
- Acredita que existe um Deus que criou o mundo, mas não se importa com os seus problemas.
- Estabeleceu as leis naturais para “governar” o mundo em seu lugar.
- Deus não interfere na história da humanidade.
- Deus teria abandonado a sua criação. Como um relojoeiro, que o fez , deu corda e depois o deixou tomar seu curso cegamente.
- Deus não se envolve com o universo.
- Essa é uma tentativa de explicar o problema do mal.
Ateísmo:
- Não existe Deus, pois se existisse, deveria se comunicar com a criação.
Monoteísmo:
- Um só Deus e que se interessa com o mundo.
Teísmo:
- Um único deus que pode ser bom quanto mau.
Teísmo cristão:
- Conhecimento (limitado) de Deus revelado através da Bíblia, pela razão, pela intuição, e sobre tudo pela experiência com o próprio Deus.
- Nossas experiências físicas e espirituais nos fazem saber que Deus não abandonou o universo.
- Ele está sempre presente a nós.
- Responde nossas orações.
- Nos guarda e nos livra.
- Nos ajuda em nossas necessidades.
- Ele preserva todos os valores humanos para que satanás não governe o universo.
- Ele é criador, salvador e redentor do homem (através de Jesus Cristo, seu Filho).
- É juiz e galardoa os retos e pune os maus.

Essas são as principais formas de pensamento quanto a Deus.
Sabendo disso, classifique você mesmo a sua fé.


Texto por: Pr. Altemar Rocha
Não saia sem deixar um recado. Clique em comentários e escreva o seu. Diga qual é a sua fé.

domingo, 23 de agosto de 2009

O médico e o monstro

Alguns anos atrás, a televisão exibiu uma série chamada " O médico e o monstro". O ator era Sérgio Cardoso. Ele era um médico que desenvolveu uma fórmula em seu laboratório, e testava nele mesmo. Esta fórmula o transformava em um monstro.
Esta série lembra um outro filme em que o ator que o protagonizava, era Jerry Lewis. Mas agora a história se repete, só que na vida real. O médico e o monstro chama-se Dr. Roger e seu elenco é formado involuntariamente por mulheres que apenas desejavam a bênção de se tornarem mães.
Pois é, dizem que a arte imita a vida, mas parece que agora a vida está imitando a arte. Que feio! Que repulsa que causa esta situação!
Tenho todo o respeito pela classe médica, mas esses monstros podem estar em qualquer lugar.
Para nós mulheres e nossos filhos o bom sempre estarmos acompanhados. A presença de uma segunda pessoa evita muitos problemas.
Nossos filhos são os nossos tesouros. Cuidemos deles, mesmo que já não sejam mais crianças.

E voce? Já olhou para o seu filho(a) hoje?.

Texto por: Derci Rocha

www.dercirocha.blogspot.com
Não saia sem deixar um recado. Clique em comentários e escreva o seu.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Tudo de novo


Hoje eu estou um pouco triste. Parei para pensar na injustiça social, moral, etc.
Como justificar algo quando não te ouvem, quando não te permitem argumentar? O que fazer para juntar os cacos e digerir tudo de forma que se recupere a alegria?
Não conheço uma boa receita que não seja a Bíblia. A Palavra de Deus, ou a própria voz de Deus tem o fabuloso poder de abrir nossos olhos, haja vista a Sua pureza.
Temos que ceder às vezes, que renunciar muitas vezes se quisermos ter um pouco de paz.
De novo vou ceder, por amor a Deus e aos outros.
De novo vou tentar mais uma vez até que o meu Redentor diga: Basta!
Texto por: Derci Rocha
Não saia sem deixar um recado. Clique em comentários e escreva o seu.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Faça o seu marido gemer de prazer

Às quintas-feiras temos um culto de doutrina, onde é pregado sobre casamento e família.
Li alguns posts interessantes sobre “como dar prazer à sua mulher” (http://ricko45.dihitt.com.br/noticia/dicas-do-que-uma-mulher-precisa-para-ficar-saciada-e-cada-vez-querendo-mais), (http://generalidades.dihitt.com.br/noticia/como-aumentar-o-prazer-da-parceira) e usei algo deles como ilustração em minha preleção.
Só que não poderia ficar sem a contrapartida, pois correria o risco de sofrer reclamações dos homens no final do culto. (risos).
Por isso, preguei a outra parte, que agora escrevo abaixo: (adaptado para a web).

Faça o seu marido gemer de prazer!

1. Faça-o ficar alegrinho (excitado). Diga coisas agradáveis bem no ouvidinho dele e nada de “discutir a relação” nesse momento. Embora cansada do dia de trabalho, tenha um sorriso no rosto e não reclamações do trabalho e dos filhos. Aguente os primeiros minutos de mau humor dele e logo se acalmará.

2. Palavras picantes: Ouça com imenso prazer os assuntos mais interessantes do seu homem: sobre carros, esportes, finanças, profissional, etc. Isso também o deixará excitado.

3. Carícias em público costumam ser um ótimo tônico para a vida a dois. Em um hipermercado, faça-o ruborizar com palavras excitantes: Querido, vamos comprar apenas o necessário e gastar pouco esse mês. Isso vai fazê-lo relaxar e até ser mais generoso nas compras.

4. Faça uma maravilhosa massagem: Quando seu marido chegar do trabalho, faça uma maravilhosa massagem nas responsabilidades financeiras dele, dizendo: Querido, estou economizando água, luz e telefone. Também estou ensinando nossos filhos a fazerem o mesmo. Ele vai delirar!

5. Com uma roupa muito sensual, bem em frente a ele, abra a fatura do cartão de crédito sem nenhuma despesa em seu nome. Ele vai enlouquecer. (No bom sentido).

6. Deixe-o ter fantasias extraconjugais: Quando chegar a hora do futebol, deixe-o à vontade, faça um lanchinho, um suco e finja que não tem ciúmes. Às vezes em quando, passe pela sala exibindo sua sensualidade (nunca em frente a TV) e ouça os gritos de “vai” e até responda a alguns comentários dele. Mas não o atrapalhe com coisas "fúteis" como afazeres domésticos.

7. Agora, o melhor de tudo. Isso o fará ter um prazer que se prolongará por várias semanas. Mesmo quando você não concordar a princípio, creia que ele é inteligente e capaz. Confie nele plenamente. Diga ao seu esposo: Eu te compreendo. Você tem razão. Estou ao seu lado porque te considero um grande homem, o homem que Deus deu para mim.
Palavras como estas, ditas com sinceridade, marcam a vida do homem e traz melhores esperanças ao casamento. Talvez você vá fazê-lo até chorar, pois verá a grande mulher que tem ao seu lado. Com certeza o fará te amar profundamente.

Brincadeiras a parte, o casamento é muito importante e o relacionamento deve ter boas divisões de responsabilidade. O amor, o carinho e a compreensão não podem ser esquecidos nem por um só momento.
Acima de tudo, o casamento para dar certo precisa ser Cristocêntrico, ou seja, Deus deve ser o centro do casamento.
Orem um pelo outro e sejam felizes, em nome de Jesus.

Texto por Pr. Altemar Rocha

Não saia sem deixar um recado. Clique em comentários e escreva o seu.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Conheça Holambra, a cidade das flores

A cerca de 130 km de São Paulo, na região de Campinas, está a lindíssima Holambra, a cidade das flores.
Portal de Holambra
Um dos parques com um lindo lago. Muito bem cuidado e preservado
Em todo o centro da cidade, prédios com fachada em estilo Holandes
Loja de decoração e artesanato, onde tem lindos souvenirs
Existem bons hotéis na região, mas precisa-se fazer reservas antecipadas
Fazendo caminhada ao redor do lago é só esticar a mão para comer amoras
Patos e outras aves dão um charme especial ao parque
Chafariz
Lindas alamedas no lado mais nobre da cidade
Um enorme moinho de 7 andares contruído pela prefeitura é uma atração da cidade
Interior do Moinho

Ainda existem outras atrações, como o parque Lindenholf, a poucos quilômetros do centro da cidade.
Mas você deve estar perguntando: Cadê as flores?
Me desculpe, mas perdi todas as fotos do centro de exposição permanente de flores.
Simplesmente sumiu do meu cartão de memória. Fica para a próxima.
Quem sabe nos encontramos la?

Por Pr. Altemar Rocha

Não saia sem deixar um recado. Clique em comentários e escreva o seu.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

FELIZ DIA DOS PAIS


Nós Desejamos a Todas as Famílias
Um Feliz Dia dos Pais

Esse é um grande exemplo do que é ser um pai!
Dedico a você, pai. (Veja o vídeo).
video
Música: My Redeemer Lives (Meu Redentor Vive) - Team Hoyt
Filipenses 4:13 - Tudo posso naquele que me fortalece.
Não saia sem deixar um recado. Clique em comentários e escreva o seu.

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Nanotecnologia: Conheça a tecnologia que traz esperança de cura do câncer

video
Duas pesquisas, publicadas na edição desta semana da revista científica americana "PNAS", mostram formas promissoras de aplicar a nanotecnologia, ciência que permite a manipulação de estruturas incrivelmente pequenas, como forma de atacar o câncer. Um dos trabalhos apresenta uma forma nova e extremamente sensível de diagnóstico de tumores, enquanto o outro revela um tratamento inovador e, aparentemente, com poucos efeitos colaterais -- aplicado por enquanto só em camundongos.

A nova forma de diagnóstico está um pouco mais próxima das aplicações clínicas, a julgar pelo artigo de Ralph Weissleder, do Hospital Geral de Massachusetts, e colegas na "PNAS". A nanotecnologia envolve a manipulação de objetos ou materiais na escala nanométrica (equivalente a um metro dividido por um bilhão). No caso, Weissleder e companhia usaram nanopartículas magnéticas que receberam um aditivo especial: a capacidade de aderir a células cancerosas de uma dada amostra (que poderia ser de sangue ou de um órgão operado, por exemplo).

O próximo passo foi aplicar um aparelho de ressonância magnética portátil à amostra. Com isso, em menos de 15 minutos, foi possível detectar a presença das células tumorais, uma velocidade muito superior à disponível para os atuais testes de diagnóstico. O melhor é que o sistema é bastante sensível: apenas duas células de câncer foram suficientes para a detecção com essa abordagem. Isso facilitaria o tratamento precoce da doença.

Nanotubos
Já a equipe liderada por Suzy V. Torti, da Universidade Wake Forest, também nos Estados Unidos, testou o emprego combinado de nanotubos (tubos de dimensão nanométrica) de carbono e radiação em camundongos com uma forma de câncer de rim.

Esses nanotubos conseguem emitir calor quando recebem uma dose de radiação no infravermelho próximo, que não é cancerígena como a radiação gama, por exemplo. Com apenas 30 segundos de radiação, o calor gerado pela combinação foi capaz de destruir os tumores, o que traz esperanças de se usar a abordagem em humanos no futuro.
Reinaldo J. Lopes/G1.
Não saia sem deixar sua opinião. Clique em comentários.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Pássaro Livre - Derci Rocha

Ah! Quem me dera eu pudesse voar!
Se eu voasse como um pássaro
Eu iria pra lá, bem pra lá
E no céu eu iria entrar
E veria face a face o meu Deus
Voando...

Voando como um pássaro livre
Para o encontro de Deus
Tirou minhas algemas e me libertou
Voando vou para o meu Senhor


Se sobre o vento Deus tem o poder
Se o próprio mar sabe lhe obedecer
Ele pode fazer-me sonhar
E levar-me a um lindo lugar
E irei muito além do que eu possa imaginar
Voando...


Derci Rocha
Não saia sem deixar sua opinião. Clique em comentários e faça o seu.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Saiba como identificar o A.V.C. (Derrame) preventivamente.

O A.V.C., também conhecido como derrame cerebral, se identificado e socorrido em até 3 horas pode ser revertido.
Saiba como identificar preventivamente.
O frio aumenta a incidência de infartos e A.V.C. (Acidente Vascular Cerebral). Por isso, nestes meses de inverno, cuidado redobrado.
Neurologistas afirmam que se um paciente sofrer um A.V.C., for diagnosticado e socorrido em até 3 horas, tem chance de sobreviver sem sequelas.
Outro grande problema é que a pessoa que sofre um A.V.C. pode cair e bater a cabeça, mesmo estando sentado, somando um traumatismo craniano.
Veja os três testes que você pode fazer em qualquer lugar para identificar um A.V.C.:
1. Debilidade facial Peça para a pessoa sorrir. Se um dos lados dos lábios ficarem torto, não abrindo por igual, é sinal de A.V.C.
2. Debilidade motora. Peça para levantar os dois braços. Se levantar desigualmente é sinal de AVC.
3. Debilidade na fala. Peça para dizer uma frase simples. Se a pessoa não conseguir (falar enrolado) também é um sinal.
Note bem: Não precisa ter duas ou três dificuldades.
Se houver apenas uma, chame o médico urgentemente ou leve a pessoa imediatamente ao hospital e descreva os sintomas.

Atenção: Este teste não deve ser usado unicamente para a identificação de A.V.C. Mesmo que o indivíduo não apresente as dificuldades do teste, mas tiver um dos sintomas abaixo, precisa de cuidados médicos imediatamente.
Segundo o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual do Estado de São Paulo - IAMSPE os principais sintomas do derrame são:
• Alterações do movimento e/ou da sensibilidade em uma parte do corpo;
• Dificuldade para falar e/ou entender;
• Dor de cabeça intensa e súbita;
• Alteração da visão, como visão dupla e/ou dificuldade para enxergar;
• Tontura ou alteração do equilíbrio (andar como bêbado);
• Náusea, vômito, dificuldade para engolir e/ou perda de consciência (desmaio).
Ainda segundo o IAMSPE, entre os indivíduos com mais chance de ter um AVC estão: idosos, obesos, sedentários, alcoólatras, fumantes, diabéticos, cardíacos, hipertensos e pessoas que já tiveram AVC ou “ameaça de derrame” prévio.

Uma divulgação destas informações pode facilitar o rápido diagnóstico e atendimento, salvando vidas e evitando danos cerebrais. Passe isso para quantas pessoas puder.

Veja mais em:
http://www.tvi.tv.br/jornalismo/vernoticia.php?not=1019

http://www.portaldafisioterapia.com.br/?pg=fisioterapia_neurofuncional&id=1057

http://www.quatrocantos.com/LENDAS/307_derrame_infarto_cerebral_avc.htm

Não saia sem deixar sua opinião. Clique em comentários e faça o seu.